Em primeiro lugar gostaríamos de agradecer por compartilhar com todo o mundo essa história linda de amor, acreditamos que todos que leram o livro e viram o filme começaram a se perguntar muita coisa, e nada como fazer o Ser Humano refletir sobre seus sentimentos.

Nós tivemos o privilegio de conhecer pessoalmente a Heloisa Schurmann na pré-estreia do filme em Porto Alegre. E é com muita gratidão que estamos publicando a entrevista que fizemos com ela, perguntas enviadas por email.

15032762_10154276433498227_7949820983952822298_n

1 – Nós como mães, sabemos que sentimos a dor de uma outra mãe e sempre falamos que com a maternidade nasce também a empatia. “Empatia é o encontro de emoções, formando um elo de compreensão: a sua dor é a minha dor”. No momento em que Robert em nome da Jeanne fez o pedido para vocês ficarem com Kat e vocês concordaram, foi uma mãe entendendo o sentimento da outra? Querendo o melhor para o seu filho?

Sim, foi um sentimento de amor por uma criança que ia ficar desamparada, precisava de um lar, uma família, e de muito amor.

2 – Um amor além da vida, uma historia de garra e doação, como se sente em saber que com essa história pode mudar muito a vida das pessoas, fazer com que pensem mais no próximo.

Fico imensamente feliz em saber que estamos ajudando algumas pessoas a buscarem seus caminhos depois do filme. Tenho recebidos vários emails de que me emocionaram muito. Todos tocados pelo sentimento de amor do filme.

kat-e-heloisa-schurmann-4

3 – Ao chegar na tua casa pela primeira vez com a kat, tua filha, qual foi a tua sensação? Quais pensamentos vinham à tua cabeça?

Uma sensação de felicidade: que bom que tenho uma filha! Sera que serei capaz de cuidar dela?

4 – Para você como mãe, o que era mais desafiador quando ficavam vários dias em alto mar?

Ter certeza que Kat estava tomando os remédios na hora certa e se alimentando bem.

kat-e-heloisa-schurmann-2

5 – Além de admirar o pôr do sol e a constelação juntas, o que você e a Kat mais gostavam de fazer juntas? O que aproximava mais vocês como mãe e filha?

A cumplicidade de brincarmos juntas de bonecas, de cuidar do cabelos, e de ler juntas.

kat-e-heloisa-schurmann-3-1

6 – Qual foi a tua maior alegria nessa caminhada com a Kat?

Por cada aniversário de 11 anos que contrariava uma previsão de que ela ia viver somente 6 meses.

7 – Como foi pra ti, assistir a uma parte tão importante da tua história de vida em uma tela de cinema?

Foi muito emocionante e fiquei muito tocada pelo ato de amor de meu filho David ao fazer o filme com muita delicadeza. Também ver nossa vida representa na tela por uma equipe de atrizes e atores que fizeram um lindo trabalho como Julia Lemmerz, Marcelo Anthony, Maria Flor, Errol Shande e Fionnula Shanagan, e a estreante Mariana Valadares como Kat.

kat-e-heloisa-schurmann-5
8 – Se pudesse voltar no tempo, faria alguma coisa diferente?
Se pudesse voltar ao tempo não faria nada diferente. A oportunidade de viver com Kat foi um presente de Deus e eu vivi intensamente cada minute desses momentos.

Convido vocês para assistir o filme Pequeno Segredo, uma linda história de amor que vai  lhe emocionar.

 

1 Comentário

  1. Heloisa Schurmann disse:

    Obrigada Roberta e Joana pelo encontro em Porto Alegre. Ficou bem legal a entrevista. Bjinhus Heloisa

    Oi Joao Roni, obrigada por acredditar no filme e ser essee parceiro de coração! Bjus Heloisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This