Imagem unsplash

Muito se discute sobre a necessidade de incluir os filhos na rotina de limpeza e cuidados com a casa, qual seria a idade mais apropriada, se tarefas são seguras para eles realizarem, como ensinar que aquilo é importante e fazer eles ajudarem… Por isso, resolvi fazer uma lista do que as crianças podem e devem fazer de acordo com as fases de seu crescimento. Isso não só aliviará seus compromissos, mas colaborará para o desenvolvimento de habilidades e noções importantes nos pequenos.

As crianças devem ajudar nas tarefas domésticas? Como e porquê:

Imagem Pixabay

O primeiro passo aqui é entender que além de educativas, essas atividades criam um compromisso e ajudam a criança a perceber que fazem parte daquele ambiente e que por isso também devem fazer sua parte em prol da família, para manter o lugar onde vivem organizado e bem cuidado. Outro ponto importante a se destacar é que você deve ter paciência, para não minar o interesse nem tornar as tarefas algo moroso e que elas evitem a todo custo.

Por isso, nada de reclamar que ela não está fazendo aquilo certo e pegar a vassoura na tentativa de terminar logo os afazeres! Também não deixe de incluir seus filhos em atividades como cozinhar, com receio de que tenha que gastar mais tempo e ter mais trabalho tentando achar alternativas de como tirar mancha de molho de tomate que espirrou na roupa!

Para instituir essas tarefas é preciso criar uma rotina, seja ela diária ou semanal, de acordo com a frequência de cada e de acordo com as possibilidades. Dê tempo até seu filho se acostumar com o quê e como deve ser feito, sem tentar impor determinadas formas de execução. Aos poucos ele aprende! O ideal é que ele encare aquilo como parte de seus deveres e responsabilidades, e não como um castigo ou algo que deva fazer obrigado.

Tarefas por faixa etária

  • 2 – 3 anos

Essa é a idade mínima para começar a ajudar nas tarefas domésticas, quando a criança já anda sozinha, muitas vezes está deixando a fralda e já começou a falar. O que importa é que ela compreende melhor o mundo ao seu redor. E nada mais parte do universo infantil que seus próprios brinquedos, por isso depois de brincar, ela já pode recolher e guardar seus pertences. Para dar um incentivo inicial, proponha uma brincadeira, de que quem pegar tudo mais rápido ou quem guardar mais objetos é o vencedor.

Nessa idade elas também já podem jogar coisas no lixo, como papéis, lencinhos e fraldas usadas. Muitas crianças gostam de brincar de limpeza, pois são guiadas muito pelo exemplo. Assim, ao ver pessoas próximas passando um paninho, é bem provável que elas queiram reproduzir. Portanto providencie uma flanelinha e peça ajuda para limpar as partes mais baixas dos móveis – sempre acompanhando os pequenos.

Imagem unsplash

  • 4 – 5 anos

Agora que as crianças têm uma coordenação e noção maiores do ambiente, além de fazer as tarefas anteriores melhor e mais rápido, elas já podem participar de novas. Você pode pedir que ajudem na organização da casa, colocando objetos espalhados em seus devidos lugares, guardando roupas nas gavetas, levando sua própria roupa para lavar (seja depositando as peças no cesto ou dentro da máquina). Eles também podem levar seu prato de comida para a pia e jogar os restos na lixeira, colocar a ração dos animais de estimação e regar as plantas da casa.

  • 6 – 7 anos

Aqui seus pequenos já conseguem começar a fazer as tarefas anteriores sob menor supervisão. Eles podem arrumar melhor o quarto, fazer a cama, dobrar toalhas e roupas e guardá-las – se ao seu alcance. Também podem te ajudar com as tarefas de lavanderia, pegando as roupas da máquina e levando para você pendurar e auxiliando a recolhê-las do varal depois. Conseguem ainda passar pano no chão sob a supervisão de um adulto, ajudar a pôr a mesa das refeições, recolher folhas secas do jardim e repor os rolos de papel higiênico do banheiro.

Imagem unsplash

  • 8 – 9 anos

Nessa idade as crianças já começam a desenvolver um senso maior de independência, e podem até reclamar um pouco de seus afazeres. Por isso é importante reforçar a necessidade de elas estarem fazendo algo para o bem de todos, como membro ativo daquela casa. Você pode até dar um incentivo, como uma mesadinha, para que aprendam o valor do trabalho e que o dever deve vir antes, só depois a recompensa, o lazer. Isso ajuda a criar adultos mais conscientes, além do fato de melhorar o desenvolvimento neural da criança, já que atividades desafiadoras estimulam o cérebro. O que as crianças de 8/9 anos podem fazer em casa:

  • Varrer, tirar o pó e passar aspirador.
  • Lavar louça (claro que não deve manusear facas nem objetos delicados e de vidro, como taças, copos de cristal etc).
  • Limpar a mesa depois de comer.
  • Começar a introdução na cozinha com coisas simples, como biscoitos, docinhos e saladas.
  • Ajudar a guardar as compras.

 

  • 10 – 12 Anos

A partir dessa idade, e mais ainda após os 12 anos, é possível aumentar coderavelmente as responsabilidades das crianças. Elas podem fazer tudo citado anteriormente sozinhas, cuidar da limpeza completa de seu próprio quarto e de alguns cômodos da casa, lavar o quintal, cuidar das suas roupas e tirar o lixo para fora. Outra função interessante é a maior inserção delas na cozinha, ajudando na preparação dos alimentos e aprendendo a fazer receitas simples, apenas tomando cuidado com o fogão e objetos pontiagudos. Coisas como tirar mancha de molho de tomate não vão ser nada em comparação com o orgulho de ver seu pequeno preparando a primeira refeição ou fazendo aquele bolo delicioso para você!

Sendo assim, não tenha medo de incluir seus filhos nas atividades da casa! Respeitando as limitações de idade, é um ótimo aprendizado e preparo para a vida adulta. Além disso, eles irão valorizar e respeitar mais o trabalho dos adultos, já que participam e vêem o esforço que é manter a casa em ordem.

 

até mais 😉

 

***post sugerido pela agência digital Mavens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This