Oiiii amigas e mães!

Quem ai não tem uma amiga que reclama que o pai não ajuda, não sabe fazer nada e se sente sobrecarregada?

Pois então… é difícil nós mães acharmos que alguém vai fazer melhor que a gente né? (Acho que com segundo filho a gente percebe que é bem diferente)

Nós como mães temos que pensar nos nossos filhos, e a relação filho e pai é necessária, e muitas vezes nós mesmas bloqueamos essa relação. E o homem não nasce com esse dom que nem a mulher, a maternidade vem desde criança, brincamos de boneca, de casinha, comidinha… enfim. Então muitas coisas temos que ensinar e quando eles fizerem não critique e sim apoie, fique feliz! Cada um tem o seu jeito de lidar com as situações, e para criança isso é fundamental, sair do mesmo jeito de sempre, muitas coisas a mãe faz por obrigação diária (Banho por exemplo), para o pai e filho vai ser uma aventura, algo diferente.

Deixe o seu filho ter vínculo com pai!

Deixa o pai ser pai!

Pai não é ajudante de mãe, pai pode sim ter as mesmas obrigações e prazeres!

Muitas vezes vamos ter que pedir ajuda, eles deixam de fazer muitas vezes por falta de espaço, assumimos aquilo achando que somos a mulher maravilha, mas a mulher maravilha também cansa das batalhas. Abrindo espaço pra essa relação vai ser gratificante pra todos! Vamos fazer dos nossos filhos adultos mais felizes, e do pai uma velhice dos filhos mais atenciosos.

Sei que tudo isso na prática é complicado, nos achamos a dona do mundo quando viramos mãe, mas temos que pensar no nosso espaço, tempo, temos vida além da maternidade.

Se dividirmos essas obrigações e prazeres, tudo vai ser mais fácil e leve, vamos evitar brigas e vamos deixar todos mais felizes.

Então é simples deixa o pai assumir esse papel de pai.

pai-e-filho

Beijos Roberta

2 Comentários

  1. Karen Cezar disse:

    Texto muito interessante, e leva a varias opiniões sobre o assunto, no meu caso a figura pai nunca existiu, então eu e eu !! srsrsr

  2. Thiana disse:

    Sinceramente esse pensamento de “fomos criadas para isso” não deveria existir. Não há nada que diferencie o cromossomo x do y nesse sentido. Pai tem que aprender junto com a mãe. Qual mãe aqui já sabia tudo quando seu filho nasceu? Sociedade machista ainda criando desculpas para o pai fazer o mínimo e ser tratado como super pai, enquanto a mãe tá sempre na berlinda! Se larga o emprego deixou de ser mulher, se volta a trabalhar não é uma boa mãe, e o pai ? Quando ele é questionado pelas escolhas? Essa falácia de que o homem tem que sustentar a casa também não existe mais, já que somos responsáveis por sustentar mais de 60% dos lares brasileiros.
    Enfim, pai tem que criar seu espaço e fazer TUDO que a mãe faz e PERFEITAMENTE como a mãe faz, afinal são iguais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This