Oi pessoal tudo bem?

Hoje no blog vai ter uma participação especial, da minha amiga Vanessa Vargas, ela tem um blog de moda e lifestyle, mas hoje a pauta é outra! Ela vai contar como foi viajar com o filho para o Uruguai, nós mães muitas vezes ficamos inseguras de viajar com os pequenos, mas ela deixa bem claro que vale a pena ariscar e curtir.

Quem quiser conhecer mais sobre a Vanessa, o blog dela é o Inventa Moda

Uruguai com Crianças: Punta Del Diablo, Punta Del Este e Montevideo

O verão já está ficando para trás, mas nunca é cedo para começar a programar as próximas férias. Por isso vou compartilhar com vocês um destino que visitei neste ano e que foi ainda mais maravilhoso por ter nosso pequeno conosco. Ver o Antônio, com toda a sabedoria adquirida no seu um ano e quatro meses de idade, descobrindo lugares e interagindo com as pessoas foi mágico para a mamãe aqui. Então lá vai!

Em janeiro passamos uma semana no Uruguai. Saímos de carro de Porto Alegre rumo ao nosso destino. Como nosso baby ia ter uma viagem mais longa pela primeira vez, estávamos na expectativa. O bom é programar várias paradas, levar muita água, lanchinhos e brinquedos para distrair a criançada. Fizemos paradas mais longas, para tomar um café e deixar o Antônio dar uma caminhada, em Pelotas e Santa Vitória do Palmar.

Saímos por volta do meio dia de domingo e chegamos na aduana por volta das 19h. Na aduana tem que apresentar  a documentação para dar entrada no país. É muito importante aqui que a criança tenha a CARTEIRA DE IDENTIDADE, não entra no Uruguai com certidão de nascimento. NÃO ENTRA!

Escolhemos o Hostel de las Hadas, em Punta del Diablo, como nossa hospedagem para primeira noite. Punta del Diablo é uma praia linda, bem pequena e com um clima roots. Então você encontrará por lá hippies europeus, comida barata e muito sossego. Para nós que fomos com um bebê não achei o local mais indicado. Por quê? A faixa de areia é imensa, na ida é cansativo, mas na volta é de chorar. Imagina subir um morro de areia fofa com um bebezão no colo? Além do que as ondas são fortes.

Na manhã da segunda-feira nos dirigimos para Punta del Este. Acredito que sejam umas duas horas de carro, mas levamos mais tempo. Paramos para conhecer La Pedrera e para almoçar em La Paloma. Em Punta ficamos na Avenida Juan Gorlero em um apartamento alugado através do Airbnb (Super recomendo!).  A escolha da hospedagem foi para termos mais flexibilidade de horários e pela localização. Seria muito mais fácil manter a rotina do Antônio dessa forma e como a Gorlero fica perto de tudo facilitou naquelas ocasiões que ele dormia na rua ou sujava toda a roupa, era tranquilo voltarmos e sairmos novamente.

Em Punta ficamos entre segunda e quinta-feira. A maior parte das refeições fizemos em casa, até porque nessa época ele não comia muitas coisas. Não vou mentir, ele também comeu muita batata frita na viagem. Passeamos muito nestes dias aproveitando a brisa e vendo as lojas da Gorlero e da Fashion Road, vendo os barcos no Porto e aproveitando a praia. A nossa preferida foi El Emir, bem pequena, com muitas crianças e água mansa.

Visitamos a Casapueblo, em Punta Ballena. Neste dia o Antônio não estava muito a fim de conversa. Caiu enquanto comprávamos as entradas (R$30,00), cortou a boca, foi aquele desespero geral. Lá dentro também não parou quieto o que encurtou a visita. Só parava se ficasse pendurado nos muros, o que não era a coisa mais segura. Saímos e curtimos a feirinha que fica próxima e ainda assistimos a cerimônia que celebra o pôr do sol.

Depois de Punta fomos para Montevidéu. Por mim eu ficaria, estava gostando daquela vida mansa, mas fui vencida e partimos rumo à capital. Ficamos no Armon Suites Hotel, entre Pocitos e Punta Carretas. Os quartos tem uma mini cozinha o que facilita com toda a função de aquecer sopa e mamadeira. Também tem uma piscina térmica aberta até às 21h. As mamães adoram! A localização é boa, perto de vários restaurantes e da rambla. Na primeira noite jantamos no La Perdiz, fiquei tensa na chegada porque o ambiente estava silencioso e não parecia o melhor lugar para crianças. No final deu certo pedi um sorrentino de camarão. Pensa em coisa boa!

Ficamos na cidade sexta e sábado, acho que um dia estaria de bom tamanho. Em um dia dá para passear na Ciudad Vieja e saborear a tradicional parillada junto com um vinho no Mercado del Puerto. No dia que fomos estava mais friozinho propício para este programa. Como eu adoro cafés e teatros, estava nos meus planos conhecer o Teatro Solís e o Café Brasileiro. Ficou para próxima, o Solís estava fechado e o café estava no caminho, mas o cansaço bateu e não tivemos força para continuar turistando.

Sábado arrumamos nossas malas e começamos o caminho de volta. Viajamos até Santana do Livramento e nos hospedamos no Jandaia Hotel. No caminho até cogitamos uma parada em Colônia de Sacramento, porém as energias já estavam acabando e resolvemos seguir. Na manhã do domingo demos uma volta em Rivera e voltamos para Porto Alegre.

Voltei feliz da vida para casa, com muitas experiências que vou levar para toda vida. Imagino eu lá velhinha contando sobre a nossa primeira viagem em família. O ponto alto com certeza foram as nossas tardes de praia em Punta Del Este, o Antônio se divertiu muito e eu e o papai ficamos tranquilos de estarmos em um local seguro e repleto de famílias.

Vanessa Vargas – Blog Inventa Moda

 

1 Comentário

  1. Janile Soares disse:

    Que lindo esse post!
    Eu, que amo viajar, adorei!
    As mamães devem ter adorado tbm!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This